Agência Espacial Europeia escolheu lugares onde ExoMars sonda poderia cair em Marte

Quatro locais possíveis descida para Mars, todos localizados relativamente perto do equador, foram selecionados para o ataque no Planeta Vermelho, prevista para 2019, o módulo de sonda robótica espacial ExoMars russo-europeus, anunciou na quarta-feira a Agência Espacial Europeia (ESA).

Segundo a AFP, um dos principais objetivos deste projeto conjunto iniciado pela ESA ea Roscosmos (Agência Espacial Russa) é determinar se as formas de vida já existiu no planeta vermelho.

O programa prevê o lançamento de duas missões a Marte, não tripulada a bordo. A primeira, uma sonda orbital com um procedimento de descida modo de teste no planeta, será lançado em janeiro de 2016. Ele será lançado depois de nove meses. A segunda é para lançamento em maio de 2018, um modo robótico, que será colocado na superfície marciana em janeiro 2019.

Os quatro locais possíveis para a descida Marte que foram detidos - Mawrth Vallis, Oxia Planum, Hypanis Vallis e Aram Dorsum - "estão todos localizados relativamente perto do equador", disse a ESA num comunicado de imprensa.

"A superfície de Marte é atualmente um ambiente hostil para os organismos vivos, mas formas primitivas de vida poderia estar lá quando o clima era mais quente e úmido há 3,5 bilhões de-4 bilhões de anos" disse Jorge Vago, pesquisador ESA e participante do projeto ExoMars.

"Por esta razão, o lugar de origem deve estar em uma região de rochas antigas onde a água líquida existiram em abundância no passado", explicou.

ExoMars módulo missão robótica será capaz de perfurar a crosta marciana a uma profundidade de dois metros.

Fonte: Mediafax

0

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha