Como nutrir a pele, (Parte V.)

Como nutrir a pele, (Parte V.)

Este artigo continua: "Como a nutrir a pele, (Parte IV)."

Um estudo publicado no British Association of Dermatology mostrou que a pele é menos propensos a sofrer dano oxidativo quando os níveis de selênio são elevados.

O consumo de alho, beneficiar de várias maneiras, sendo este um medicamento natural de excelência, que contém vitamina C e enxofre, ideal para a remoção de manchas da pele combinação.

O zinco é outra substância natural que é necessário ter uma boa pele, sendo mais ricas fontes de zinco; ostras, raiz de gengibre, cordeiro, frutos de casca rija e "castanha do Brasil ou as nozes por", este último bombas de proteínas que representam.

Suavização da pele.

O azeite extra virgem tem uma concentração elevada de ácidos gordos mono insaturados tipo chamado de ácido oleico, um dos mais potentes anti-inflamatória encontrada em alimentos que existem na natureza.

O ácido oleico é um membro da família de Omega, onde a sua ausência na dieta, além de estar em casa esta falta de doenças potenciais, em relação à pele, a sua deficiência dá um aspecto desgastado e seco, com textura deficiente .

E na juventude, recomenda-se o consumo, aconselhando uma dose de 20 gramas, o equivalente a duas colheres de sopa de este tipo de ácido graxo por dia, por exemplo, azeite e pérolas vendidos em negócios ou lojas de alimentos saudáveis.

Abacates contêm ácido oleico e antioxidantes, vitamina C e E, não só para a pele que é ótimo para usar, mas para a saúde global, sob mau colesterol, diminuindo-a. Para ser continuado.

imagem; flickr

5

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha