Frutas e legumes de países não pertencentes à UE, verificados por inspectores de saúde

inspectores veterinários e segurança alimentar têm controlado por uma semana, o nível de resíduos de pesticidas em frutas e vegetais importados de espaço extra, notetază terça-feira.

Mais de 6.000 toneladas de frutas e produtos hortícolas importados de países como a Turquia, Albânia, Irã, Macedónia, Sérvia, Colômbia, Egito, Equador, Argentina, Moldávia e Quênia foram verificados na semana passada por inspectores Sanitária Nacional veterinários e Autoridade de Segurança Alimentar (ANSVSA), de acordo com um comunicado emitido pela instituição.

Assim, 313 transferências (3.500 toneladas) foram controlados e 33 armazéns autorizados remessas (2.500 toneladas) Border postos de inspecção Constanta Norte, Sul Constanta Moravia e Otopeni.

Fruta e vegetais testados amostras foram tiradas para análise de laboratório para determinar a presença e a classificação dentro dos limites admissíveis de resíduos de pesticidas. Após a análise, não houve ultrapassagem dos limites máximos de resíduos de pesticidas e, lê-se no comunicado.

0

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha