Hackers russos têm roubado senhas de cerca de 1,2 bilhão de internautas

Um grupo de hackers russos tem senhas de aproximadamente 1,2 bilhão de usuários de internet estavam em empresas estrangeiras nos EUA e no mundo, revelando New York Times na edição eletrônica terça-feira.

Hackers obtiveram nomes de usuários e códigos de acesso em cerca de 420.000 sites na Internet, a partir de grandes empresas a sites da Internet a seguir, destaca o jornal norte-americano, disse à AFP.

O jornal obteve a informação de pesquisadores da empresa de segurança de computadores de guarda.

Segundo eles, os hackers foram capazes de ganhar acesso a 500 milhões de contas de e-mail.

"Hackers têm como alvo apenas as empresas americanas, mas todos os sites Internet que puderam encontrar. Isso significa que as empresas de referência no ranking dos 500 bilionários no mundo em locais muito pequenos", disse Alex Holden, Segure fundador Segurança.

"A maioria desses sites ainda estão vulneráveis", alertou.

Essa intrusão, o que poderia ser a maior já realizada, a partir de um grupo de hackers baseados na Rússia, em algum lugar entre o Cazaquistão e Mongólia.

The New York Times, hackers, homens com idades compreendidas entre cerca de 20 anos, não seria mais do que 12.

Fonte: Mediafax

0

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha