Terapia do aroma e cor. 2ª parte

Terapia do aroma e cor. 2ª parte

Este artigo é uma continuação de aroma terapia e cor. parte 1

Esta terapia, chamá-lo sensual, está ligada a esse cheiro é sentido mais instintiva e tem um papel vital para a sobrevivência não só dos animais, como é muitas vezes assumida, mas também os seres humanos.

Com base nesta premissa, e no BC, Hipócrates, o pai da medicina do século V, afirmou que o caminho para a saúde é um banho aromático e óleo de massagem a cada dia.

Aromaterapia baseia-se na utilização de aromas a partir de plantas, concentrou-se em óleos essenciais para melhorar a saúde geral e promover o bem-estar.

Os óleos essenciais são substâncias aromáticas voláteis extraídas de plantas, cascas, raízes, sementes, resinas e flores. Estes produtos químicos orgânicos concentrar toda a energia e vitalidade das plantas e são solúveis em óleo, água ou álcool.

Adicionada à cera de vela, sendo encencidas emanam perfumar o ambiente. Assim, quando inalado indiretamente moléculas odoríferas atingir órgãos internos (glândulas, nervos e sistema circulatório.) E exercem uma acção de harmonização, estimular ou relaxar-los.

Outras moléculas agir mais diretamente através dos dez bilhões de neurônios que possuem nariz (receptores olfativos) e atingem o sistema límbico, o centro emocional do cérebro.

Aromaterapia e velas, como um instrumento deste método, são usados ​​para aliviar uma variedade de sintomas, de ansiedade a insônia, acne, estresse e envelhecimento da pele.

Este artigo continua: Terapia do aroma e cor. 3ª parte

3

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha