Você usa estatina para baixar o colesterol?

Você usa estatina para baixar o colesterol?

O Mito do colesterol.

Um crescente corpo de pesquisa clínica indica agora que a classe de medicamentos para baixar o colesterol conhecidos como estatinas, estão associados com mais de 300 efeitos adversos à saúde pesquisa corajosamente ignora a política nacional de saúde, guias prémios médicos seguros, fabricantes de medicamentos de estatina, eo sentimento geral do público, com cerca de 1 em cada 4 adultos americanos com mais de 45 atualmente usando esses medicamentos para prevenir doenças cardíacas.

O mito do colesterol.

Por mais de 40 anos, as estatinas tiveram sucesso na implementação do velho mito do século sobre a principal causa de doença cardíaca é o colesterol que provoca o acúmulo de placas nas artérias e, finalmente, leva à obstrução do fluxo sangue, e morbidade e mortalidade subsequente.

Na verdade, o estabelecimento médica e farmacêutica foram cantar os louvores de este mito do colesterol, no montante de 25 milhões de dólares em vendas de estatinas anualmente.

Enquanto a lipoproteína de baixa densidade oxidada está dentro da placa de ateroma encontrados nas artérias danificadas, é menos susceptível de causar um efeito de doença cardíaca. O dano subjacente ao revestimento da artéria, a qual pode ser infecciosa, química, stress e / ou relacionadas com a alimentação, vem antes que a resposta imunitária resultante da formação de placas lá. Culpar o colesterol LDL causam a doença cardíaca é como culpar a crosta da lesão que causou a sua formação, ou culpar o curativo ou (sacerdote) pela crosta que está cobrindo este é, afinal, falha congênita e fatal da medicina alopática, que incide apenas sobre os sintomas da doença, que, posteriormente, e tolamente fazer todas as tentativas para suprimir por meios necessários qualquer produto químico.

Morrendo estatina?

Ninguém pode negar que as estatinas fazer exatamente o que eles são projetados para fazer: suprimir a produção de colesterol e reduzir os níveis mensuráveis ​​no soro sanguíneo. A questão é, ao invés, a que preço alcançado este feito, e com que propósito final?

Com as diretrizes do Programa Nacional de Educação sobre Colesterol, tendo sido desenhado por especialistas a partir da lista de fabricantes de estatina drogas, requerem níveis muito baixos para uma definição estritamente teórica e numérica de saúde, as estatinas são garantidos como primeira linha a prevenção e tratamento de doenças cardíacas, suprimindo lípido.

O que está em questão aqui é saber se os efeitos indesejáveis ​​desta classe de substâncias químicas são menos, o mesmo ou pior do que os pressupostos benefícios cardiovasculares que eles oferecem.

Essencialmente, os músculos danos estatinas e nervos do corpo tanto que uma dose tão baixa quanto 5 mg por dia pode matar um ser humano. Existem mais de 100 estudos demonstrando os efeitos miotóxicas, ou prejudiciais para os músculos, a utilização destas drogas, e 80 que demonstram os efeitos de danos nos nervos, também. Quando você considerar que uma grande parte do nosso corpo é composto de músculos e coordenação dos sistemas nervoso, esta droga tem o potencial de causar danos a todo o corpo, e certamente não universalmente, diferindo apenas na questão de novos danos eles ocorrem de forma aguda naqueles na ponta do iceberg, de forma assintomática em mais do outro na base.

Além disso, a miotoxicidade das estatinas não é exclusivo para os músculos esqueléticos. Tendo em conta que o coração é um músculo, de fato, é o nosso músculo mais incansável, obviamente, uma bandeira vermelha deve subir. É um fato notável que levou mais de 40 anos para os campos de pesquisa e publicidade biomédicos foram capazes de produzir um estudo do ser humano, como publicado no Journal of Clinical Cardiology, em Dezembro de 2009, o que mostra que as estatinas, apesar dos bilhões de dólares de publicidade para marketing, pelo contrário, na verdade eles enfraquecer o músculo cardíaco.

Estes resultados, embora preocupante, são de esperar, dado o problema bem conhecido relacionado com a utilização de estatinas, isto é, a inibição da via do mevalonato necessário para produzir a coenzima Q10 o qual é essencial a comida coração. A deficiência de coenzima Q10 pode ser uma importante doença cardíaca contribui causa. Há também estudos que as estatinas reduzem os minerais (e minerais protetores cardio associados com proteínas complexas), tais como zinco e selênio. Esta descoberta também pode explicar por que as taxas de insuficiência cardíaca pode estar aumentando na população em geral recebendo estas drogas.

Embora a descoberta de que as estatinas, em vez de prevenção de doenças cardíacas, provavelmente contribuem para isso, não deve desviar a atenção da descoberta mais perturbador, e isso está contribuindo mais de 300 doenças e / ou efeitos adversos para a saúde.

Milhões de usuários de estatina em todo o mundo estão arriscando suas vidas em uma má aposta é tomar uma pílula mágica química para reduzir o seu risco de morrer de uma doença que é causada pela falta dessa droga. O que é mais provável que isso aconteça, no entanto, é que a qualidade ea duração de suas vidas profundamente reduzida, juntamente com milhares de milhões de dólares de dinheiro desperdiçado, que poderia ter sido gasto em alimentos médicos e autenticamente cardio protetor, nutrientes, minerais e vitaminas.

À luz destes resultados, uma pergunta séria surge: são aqueles que fazem parte da produção, promoção, gestão e / ou limitação desta classe de química em drogas, violando o princípio da ética médica? E é esta violação ética, na medida em que ela resulta em prejuízo para as pessoas que foram enganadas e / ou forçados a tomar estes medicamentos, também a / violação criminal legal?

 NOTA: Todo o conteúdo publicado neste site é comentário, opinião, de investigação ou testemunho pertencentes a várias fontes. Vida Lucid não se responsabiliza pelo uso ou uso indevido de informações contribuindo autores. Para pagamento de obrigações ver nota no fim da página.

Pesquisa e Original Espanhol Tradução: Equipe Lucid vida Todos tradução em espanhol com direitos de autor.

 Fonte: greenmedinfo.com

91

Comentários - 0

Sem comentários

Adicionar um comentário

smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile smile smile smile smile
smile smile smile smile
Caracteres restantes: 3000
captcha